Sérvia e Camarões empatam em jogão e deixam Brasil a uma vitória das 8ªs
28/11/2022 09:24 em NOTÍCIA

Seis gols, golaço de cobertura e empate: Sérvia e Camarões fizeram um dos jogos mais movimentados da Copa do Mundo do Qatar, hoje, no Estádio Al Janoub, em Al Wakrah. Final: 3 a 3 em duelo da segunda rodada do grupo G.

Castelletto abriu o placar para os camaroneses, Pavlovic, Sergej Milinkovic-Savic e Mitrovic viraram para a Sérvia, mas Aboubakar e Choupo-Moting empataram para os africanos.

Quem gostou foi o Brasil. Se a seleção brasileira vencer a Suíça, hoje, às 13h (de Brasília), vai estar classificada às oitavas de final do Mundial com um jogo restante ainda na fase de grupos.

Brasil e Suíça somam três pontos cada, seguidos por Sérvia e Camarões, ambos com um. Com uma vitória hoje, a seleção não poderá mais ser ultrapassada por sérvios e camaroneses na última rodada.

A última rodada do grupo G será realizada na próxima sexta-feira (2), às 16h, com Sérvia x Suíça e Camarões x Brasil.

Entrou e mudou o jogo

Vincent Aboubakar começou no banco a partida entre Camarões x Sérvia e, quando entrou, mudou o jogo com gol e assistência - Adam Pretty - FIFA/FIFA via Getty Images - Adam Pretty - FIFA/FIFA via Getty Images

Camarões perdia por 3 a 1 quando Aboubakar foi para o campo. E o camisa 10 de Camarões mudou o jogo. Primeiro, ele fez um golaço de cobertura para diminuir a diferença. Depois, deu a assistência para o gol de empate.

Oh, meu zagueiro...

Do outro lado, Milenkovi? falhou no segundo e no terceiro gol de Camarões. O zagueiro da Sérvia errou no posicionamento e deu condição legal nos dois ataques dos africanos que resultaram no empate.

Goleiro titular de Camarões é cortado

Devis Epassy foi o goleiro titular de Camarões contra a Sérvia após Onana ser cortado - Clive Mason/Getty Images - Clive Mason/Getty Images

Devis Epassy foi o goleiro titular de Camarões contra a Sérvia após Onana ser cortado

A seleção camaronesa entrou em campo em meio a uma turbulência no elenco. André Onana, goleiro titular e um dos principais nomes da equipe, foi cortado por problemas disciplinares. Ele já deixou a delegação e foi substituído por Epassy no gol contra a Sérvia.

1º tempo tem virada da Sérvia nos acréscimos

Camarões sofreu com a pressão sérvia no início, mas melhorou depois. Aos 18, Kunde soltou uma bomba, defendida pelo goleiro Milinkovic-Savic. Já aos 29, N'Koulou desviou de cabeça no primeiro pau após cobrança de escanteio, e Castelletto completou já em cima da linha para abrir o placar. Na reta final da primeira etapa, quase saiu o segundo dos camaroneses, mas o goleiro sérvio fez mais uma boa defesa após chute de Kunde.

A Sérvia, que havia acertado uma bola na trave no começo do jogo, reagiu nos acréscimos do 1º tempo e virou o jogo em dois minutos. Aos 46, Tadic cobrou falta para dentro da área. A defesa de Camarões ficou olhando, e Pavlovic subiu sozinho para escorar e deixar tudo igual. Pouco depois, aos 48, veio a virada. Em mais uma falha defensiva dos africanos, a Sérvia roubou a bola no ataque. Sergej Milinkovic-Savic cortou para dentro e bateu no canto de Epassy, que estava mal posicionado.

Golaço dá tranquilidade, só que não

A Sérvia seguiu melhor no começo do segundo tempo e logo marcou o terceiro. Aos oito, em bela jogada coletiva, a bola passa pelos pés de Tadic, Mitrovic, Kostic, Sergej Milinkovic-Savic e Zivkovic. O último cortou a marcação dentro da área e rolou para Mitrovic bater no gol vazio. 3 a 1 e tranquilidade no placar, mas o jogo mudou.

Pintura de cobertura e empate relâmpago

A nova reação, desta vez de Camarões, começou aos 18 minutos. Aboubakar recebeu em profundidade, limpou a marcação e deu uma cavadinha para marcar uma pintura de cobertura contra Vanja Milinkovic-Savic, que tem 2,02m de altura. Inicialmente, o lance foi invalidado por impedimento, mas o VAR entrou em ação para validar o gol.

Três minutos depois veio o empate. Em novo lançamento longo, Aboubakar correu pela direita e cruzou rasteiro para Choupo-Moting, livre na área, deixar tudo igual.

Lugares vazios no estádio

Arquibancada do estádio Al Janoub com lugares vazios no início do jogo entre Camarões e Sérvia pela segunda rodada da Copa do Qatar - Rodrigo Mattos/UOL - Rodrigo Mattos/UOL

Pouco antes de a bola rolar, o estádio Al Janoub tinha muitos lugares vazios. Os espaços diminuíram, mas ainda tinha muito lugar vago no meio do campo no começo do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA

CAMARÕES 3 X 3 SÉRVIA

Competição: Copa do Mundo

Rodada: 2ª - Grupo G

Data e hora: 28 de novembro de 2022, 7h (horário de Brasília)

Local: Estádio Al Janoub, em Al Wakrah (Qatar)

Público: 39789

Árbitro: Mohammed Abdulla (Emirados Árabes Unidos)

Assistentes: Mohamed Alhammadi e Hasan Almahri (ambos dos Emirados Árabes Unidos)

VAR: Nicolas Gallo (Colômbia)

Cartões amarelos: N'Koulou, Bassogog e Milenkovic (Camarões); Jovic (Sérvia)

Cartões vermelhos: não teve

Gols: Castelletto (Camarões), aos 29 do 1º tempo, Aboubakar (Camarões), aos 18 do 2º tempo, Choupo-Moting (Camarões), aos 21 do 2º tempo; Pavlovic (Sérvia), aos 46 do 1º tempo, Sergej Milinkovic-Savic (Sérvia), aos 48 do 1º tempo, Mitrovic (Sérvia), aos 8 do 2º tempo.

CAMARÕES: Epassy; Fai, Castelletto, N'Koulou e Tolo; Zambo Anguissa (Gouet), Kunde (Ondoua) e Hongla (Aboubakar); Mbeumo (Nkondou), Choupo-Moting e Toko Ekambi (Bassogog).

Técnico: Rigobert Song

SÉRVIA: Vanja Milinkovic-Savic; Milenkovic, Veljkovic (Babic) e Pavlovic (Stefan Mitrovic); Zivkovic (Radonjic), Lukic, Maksimovic e Kostic (Djuricic; Tadic, Mitrovic e Sergej Milinkovic-Savic (Grujic).

Técnico: Dragan Stojkovic

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!