Hoje tem último Datafolha e Ipec: o que pesquisas apontavam em 2018
01/10/2022 09:01 em NOTÍCIA

Datafolha e o Ipec divulgam hoje as últimas pesquisas de intenção de voto para a Presidência antes do primeiro turno das eleições, que acontece amanhã em todo o Brasil.

A pesquisa Datafolha, contratada pela TV Globo e pela Folha de S.Paulo, terá divulgação a partir das 17h30. Já a pesquisa Ipec, contratada pela Globo, será divulgada a partir das 18h.

Como foram as pesquisas na véspera em 2018

Na pesquisa divulgada em 6 de outubro de 2018, o Datafolha apontou, em votos válidos, Bolsonaro com 40% das intenções de voto, e Haddad, com 25%. A margem de erro era de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Na mesma data, o Ibope divulgou que Bolsonaro tinha 41%, e Haddad, os mesmos 25%. A margem de erro também era de dois pontos percentuais.

Os cenários se assemelham ao resultado que as urnas registraram no dia seguinte: Bolsonaro teve 46,03%, e Haddad, 29,28%. Ambos avançaram para a segunda etapa da votação.

A pesquisa de boca de urna, realizada no dia da votação, foi ainda mais próximo que o real: o Ibope apontou 45% para Bolsonaro e 28% para Haddad. O Datafolha não fez essa sondagem.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), que concorre à reeleição, questiona a validade das pesquisas e já disse que elas "erraram tudo em 2018". Porém, tanto o Datafolha quanto o Ibope acertaram quem concorreria ao segundo turno nas pesquisas divulgadas na véspera daquele ano.

Essas pesquisas não valem de nada. Erraram tudo em 2018 e agora, obviamente, potencializam o outro lado, disse bolsonaro

O diretor do instituto Quaest Felipe Nunes explicou que as pesquisas não têm a intenção de prever os números do dia da votação, mas mostrar um retrato daquele momento para informar a população.

"As pesquisas são diagnósticos do momento, não são prognósticos do que vai acontecer no futuro", disse.

Também é preciso considerar que, nas pesquisas, não é possível estimar o índice de abstenção —ou seja, quantas pessoas não comparecem para votar. No primeiro turno de 2018, esse percentual foi de 20,33% dos eleitores.

Votos nulos (quando o eleitor digita um número inexistente) e brancos (quando o eleitor aperta a tecla "branco" e confirma) também não são considerados, já que só votos válidos contam para o resultado.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!