RICARDO MURARD GANHOU LIBERDADE NESTE SÁBADO
22/10/2018 07:31 em musica

Justiça concede liberdade ao ex-secretário de saúde no Maranhão Ricardo

Murad estava preso desde a última quinta-feira (18), após a deflagração pela Polícia Federal (PF) de novas fases da Operação Sermão aos Peixes, que apura desvio de recursos públicos na saúde no Maranhão. 

A Justiça concedeu neste sábado (20) um habeas corpus ao ex-secretário de saúde do Maranhão, Ricardo Murad. A decisão foi da desembargadora Maria do Carmo Cardoso, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1).

Na decisão, a desembargadora acolheu os argumentos da defesa de Ricardo Murad de que as buscas necessárias à investigação haviam sido realizadas e que a apuração remonta a fatos de 2011 a 2013.

Murad é cunhado de Roseana Sarney (MDB), ex-governadora do estado, e foi secretário estadual entre 2012 e 2014, durante o quarto mandato de Roseana no Maranhão.O ex-secretário de saúde estava preso desde a última quinta-feira (18) após a deflagração pela Polícia Federal (PF) da sexta fase da Operação Sermão dos Peixes, chamada de Peixe de Tobias, que apura desvio de recursos públicos na saúde no Maranhão.

A PF apurou indícios de que, entre os anos de 2011 a 2013, aproximadamente R$ 2 milhões destinados ao sistema de saúde estadual foram desviados para uma empresa sediada na cidade de Imperatriz (MA).

A polícia verificou ainda pagamentos mensais a blogueiros.Outra operaçãoTambém na quinta (18), a Polícia Federal deflagrou a operação 'Abscondito II' para apurar vazamento de informações da primeira fase da Sermão aos Peixes.

A PF reuniu prova de que os membros da organização criminosa conseguiram cooptar servidores públicos para a obtenção de informações privilegiadas.

Depois, destruíram e ocultaram provas.Além disso, violando medidas cautelares impostas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, um dos investigados teria dilapidado seu patrimônio e transferido seus bens para terceiros para impedir que fosse decretada a perda de tais bens.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!